Verificamos: homem agredido na UFC era estudante e não professor; vídeo é de 2016

Verificado por: @OPoderDeEleger

Está circulando uma corrente no Whatsapp sobre uma agressão a um professor da Universidade Federal do Ceará por apoiar o candidato Jair Bolsonaro (PSL).  O Poder de Eleger verificou que a informação é inconsistente.

A vítima da agressão não era um professor, mas sim o estudante de Letras Jorge Fontenelle. Ele foi hostilizado e agredido, mas não foi “brutalmente espancado”, como diz a corrente. Em nota, a UFC informou que o caso ocorreu em 2016. Foram abertas duas sindicâncias, mas elas foram arquivadas por falta de provas.

Leia mais aqui: http://www.ufc.br/noticias/noticias-de-2016/8257-nota-da-reitoria-pela-convivencia-pacifica-contra-ingerencias-e-provocacoes

Fontes:


O Poder de Eleger é um projeto para monitorar informações sobre as eleições no WhatsApp. Ao contrário de outras iniciativas de checagem, nós não só verificamos as correntes, mas também devolvemos a informação por WhatsApp, no formato de gifs e áudios. A ideia é criar uma corrente com a informação verificada no mesmo veículo em que ela circulou originalmente. O projeto, da organização Chicas Poderosas, também está na Colômbia, México e Venezuela. Se quiser encaminhar uma corrente para checagem, ou se quiser receber nossas verificações, clique no link e envie uma mensagem pra gente: http://bit.ly/OpoderDeElegerBR.

Você também pode adicionar nosso número nos seus contatos!