Hackathon Jornalismo de investigação Mexico

Mediatón 2018 Chicas Poderosas México: Mulheres em resistência

By on outubro 17, 2018

Mulheres em resistência
Mediatón 2018 Chicas Poderosas México

Durante dois dias, cerca de uma centena de mulheres que trabalham em diferentes áreas da mídia se reunirão na Mediatón 2018 de Chicas Poderosas para desenvolver

Histórias que falam das desigualdades e resistências que existem no México.

Nos dias 20 e 21 de outubro, serão construídas histórias que destacam os problemas que as mulheres enfrentam, como a violência ou o direito ao aborto legal e gratuito; mas também sobre migração, desaparecimento, tráfico de pessoas, desastres naturais; e as dificuldades que as pessoas experimentam devido à sua origem étnica ou orientação sexual.

As Chicas Poderosas que chegam à Mediatón 2018 vão conversar com as jornalistas Alejandra Xanic (Quinto Elemento), Annie Correal (The New York Times), Fabiola Torres (bolsista Knight do ICFJ – Ojo Publico); Nelly Luna (Ojo Publico) e Melissa Sánchez (ProPublica), que irão orientá-las no desenvolvimento de seu trabalho.

Para ter histórias muito poderosas, oficinas sobre jornalismo emergente serão dadas: Como ser um verificador de fatos no México? por Lidia Sánchez (AFP) e Mayra Vargas (O Poder de Eleger en México); Segurança Digital, ministrada pela Ciberseguras; Cartografia como ferramenta de análise oferecida por Samantha Camacho (PODER); e “contar é lutar”. Mídia feminista e outras narrativas de Anaiz Zamora Márquez (Luchadoras).

A ideia é que, ao final do evento, não apenas contaremos novas histórias, mas os participantes terão uma outra visão dos diferentes problemas sociais, terão novas ferramentas e habilidades; mas acima de tudo eles criam uma rede de mulheres na mídia no México para continuar fazendo o trabalho colaborativo e ser meninas cada vez mais poderosas.

#ChicasEnResistencia # Mediatón2018 #ChicasPoderosasMx

 

Annie Correal


Annie Correal é repórter do The New York Times. Desde que entrou para o The Times em 2013, cobriu notícias e relatórios sobre questões de imigração e sociais em Nova Iorque, tem escrito histórias sobre temas como os sem-abrigo até que a crise de opióides. Suas narrativas exploram os lados invisíveis de Nova York e que apareceram nas coleções das melhores histórias de Nova York em 2017 e Melhor Roteiro no The New York Times em 2017. Seus relatórios foram publicados no podcast de “The Daily”.

Annie, fala espanhol nativamente, freqüentemente relata sobre a comunidade de imigrantes latinos em Nova York e além.

https://www.nytimes.com/by/annie-correal

 

 

 

Melissa Sanchez


Melissa Sanchez é repórter da ProPublica Illinois, parte da organização nacional de jornalismo de pesquisa ProPublica. Suas áreas de atuação são a imigração, trabalho e educação, mas ultimamente vem pesquisando sobre como violações municipais levaram a milhares de afro-americanos à falência em Chicago. Anteriormente, Melissa trabalhou para uma revista de educação, a Catalyt Chicago; no Nuevo Herald em Miami; a Herald-Republic de Yakima no estado de Washington; e foi membra da Associação Interamericana de Imprensa em Manágua. Seu interesse jornalístico na imigração é pessoal: seus pais emigraram para os Estados Unidos do México e El Salvador.

 

 

 

 

Alejandra Xanic von Bertrab Wilhelm (México)


Jornalista galardoada do Prêmio Nacional de Jornalismo Mexicano em 1992 e um Prêmio Pulitzer para a categoria Jornalismo Investigativo em 2013, com o repórter David Barstow.

É a primeiro jornalista mexicana a receber este prémio, revelando a rede de corrupção e subornos que eram parte de uma estratégia agressiva de expansão de supermercados Wal-Mart no México.
Foi membra das unidades de pesquisa dos jornais Siglo 21 e Público, em Guadalajara, e colaborou com o Cambio y Expansión. Atualmente leciona na Universidad Iberoamericana e CIDE e é co-fundador da Quinto Elemento Lab.
 

 

 

 

Fabiola Torres López (Peru)


Jornalista de investigação, fundadora e editora da OjoPúblico, uma organização sem fins lucrativos redação com base em Lima, é co-autora de “O canivete suíço para os jornalistas: ferramentas de pesquisa digitais na era do big data”, um guia jornalismo de dados para repórteres investigativos hispânicos. Com OjoPúblico projeto Memória Surripiada publicado, uma investigação transnacional para o tráfico do património cultural da América Latina, que recebeu o terceiro prémio no Prêmio de Jornalismo Investigativo na América Latina em 2016. Ele está actualmente a desenvolver o projeto com lupa Wave. Ela é co-fundadora da Hacks / Hackers Lima; foi Kiplinger Fellow 2015 em Jornalismo Digital na Ohio State University; é bolsista Knight do ICFJ e membro dos repórteres e editores de pesquisa (IRE).
 

 

 

Nelly Luna (Peru)

Editora e co-fundadora da Ojo-Publico.com. Jornalista de pesquisa especializada em análise de dados e cobertura de problemas socioambientais, direitos humanos e poder corporativo. Sua pesquisa tem recebido prêmios nacionais e internacionais, tais como o Prêmio Nacional de Direitos Humanos (2015), a melhor pesquisa das concessões do ano Dados Jornalismo (2015), o Prêmio da Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP) e o Prêmio Jornalismo Científico premiado pelo Instituto das Américas. Membro dos repórteres e editores de pesquisa (IRE). Colaborador do Consórcio Internacional de Jornalismo Investigativo (ICIJ). Ele participou do Panama Papers, a pesquisa global que ganhou o Prêmio Pulitzer 2017 e, recentemente, da Paradise Papers. Coordena o programa de treinamento de OjoPúblico, @OjoLab. Era parte da equipe de jornalistas que realizou a revista transmedia projeto “Ouro Sujo”, uma pesquisa global identificou os principais financiadores da corrida do ouro que devastou as florestas do Peru, Bolívia, Brasil, Equador e Colômbia no passado.

María Salguero


Geofísica engenheira formada pelo Instituto Politécnico Nacional, criadora desde 2016 do Mapa de feminicídio no México, uma poderosa ferramenta que ajudou a visualizar e medir a violência de que as mulheres mexicanas viver.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TAGS
RELATED POSTS
Donate
Choose Language
Follow Us
Search
Latest Tweets