Checagens

Verificamos a corrente falsa que afirma que só Brasil, Cuba e Venezuela usam urnas eletrônicas.

By on outubro 1, 2018

Verificado por: @OPoderDeEleger

Está circulando no WhatsApp uma corrente que afirma que, de 193 países no mundo, apenas 3 usam urnas eletrônicas: Brasil, Cuba e Venezuela. O Poder de Eleger verificou que a informação é falsa.

via GIPHY

 

De acordo com o Idea (Instituto Internacional para Democracia e Assistência Eleitoral), organização internacional que trabalha em parceria com entidades civis e instituições governamentais que regulam pleitos em todo o mundo para garantir a lisura dos processos eleitorais, 32 países usam urnas eletrônicas atualmente – 24 para eleições nacionais e outros 8 para eleições locais.

Entre os que usam o voto eletrônico para eleições nacionais, como para presidente, estão França, Bélgica, Suíça e alguns estados dos Estados Unidos, além da Venezuela. Não há registro de uso de sistema eletrônico de votação em Cuba.

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral)  afirma que o Brasil, no entanto, é um dos poucos que conseguiu adotar o uso massivo da urna eletrônica, levando o sistema a todo o país.

A votação eletrônica foi implementada no Brasil em 1996. Até hoje, não houve registro de fraude em nenhuma votação. A presidenta do TSE, ministra Rosa Weber, destacou a confiabilidade das urnas ao rebater suspeitas de fraude levantadas pelo candidato Jair Bolsonaro (PSL). “Temos 22 anos de utilização de urnas eletrônicas. Não há nenhum caso de fraude comprovado”, disse ela em 18 de setembro.

Este ano, observadores da Organização dos Estados Americanos (OEA) estarão presentes nas eleições brasileiras. O monitoramento internacional é comum em diversos pleitos do mundo, para garantir a transparência da contagem de votos.

Fontes

https://www.idea.int/data-tools/question-view/742

http://www.tse.jus.br/imprensa/noticias-tse/2018/Marco/votacao-eletronica-e-realidade-em-mais-de-30-paises

https://g1.globo.com/politica/eleicoes/2018/noticia/2018/09/18/presidente-do-tse-rosa-weber-diz-que-critica-a-urna-eletronica-e-desconectada-da-realidade.ghtml

http://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2018-10/observadores-da-missao-da-oea-chegam-ao-brasil

 


O Poder de Eleger é um projeto para monitorar informações sobre as eleições no WhatsApp. Ao contrário de outras iniciativas de checagem, nós não só verificamos as correntes, mas também devolvemos a informação por WhatsApp, no formato de gifs e áudios. A ideia é criar uma corrente com a informação verificada no mesmo veículo em que ela circulou originalmente. O projeto, da organização Chicas Poderosas, também está na Colômbia, México e Venezuela. Se quiser encaminhar uma corrente para checagem, ou se quiser receber nossas verificações, clique no link e envie uma mensagem pra gente: http://bit.ly/OpoderDeElegerBR.

Você também pode adicionar nosso número nos seus contatos!

TAGS
RELATED POSTS
Donate
Choose Language
Follow Us
Search
Latest Tweets